Cuidados com a saúde

Sono e Repouso

Sono e repouso são necessidades humanas básicas. E isso vale tanto para o bebê recém-nascido como para o idoso. Quando a privação acontece, podem ocorrer prejuízos para o seu bem estar e para a sua saúde.

Uma pessoa que, por qualquer motivo, sofra de insônia e permaneça sem dormir por um tempo mais ou menos longo, provavelmente apresentará sintomas como cansaço e dor de cabeça, além de irritabilidade e depressão. Veja abaixo algumas medidas que podem ser tomadas pelo cuidador para ajudar a pessoa idosa a dormir melhor:

O ambiente deve ser o mais tranqüilo possível, silencioso e com iluminação indireta. A temperatura deve ser agradável, pois muito calor ou muito frio atrapalham o sono. A boa ventilação do quarto também é importante, mas sem correntes de vento. O cuidador deve verificar se os colchões e os travesseiros são confortáveis. Os lençóis que forram a cama devem ser bem esticados para não machucar a pele.

Quando a pessoa idosa perde urina na cama, esta pode ser forrada com material impermeável, que deve ser todo coberto com outro lençol para não haver contato do plástico com a pele. Às vezes, cobertores muito pesados podem ser incômodos e o cuidador deve verificar se é possível trocá-los por mantas, que são mais leves e esquentam bem. O ambiente deve ser seguro, para que caso o idoso precise se levantar durante a noite, não corra riscos de tropeçar e se ferir.

Muitas pessoas costumam seguir uma rotina antes de dormir, que varia muito de uma para outra, mas que pode incluir: escovar os dentes, evacuar, pentear os cabelos, tomar banho de chuveiro, banho de assento ou meio banho, por exemplo. O idoso deve ter seus hábitos respeitados, e se ele não conseguir fazer isso sozinho, o cuidador deverá ajudá-lo.

Assim como existe o dia e a noite, existem os horários de ficar acordado e de dormir. Esses horários devem ser respeitados o máximo possível, para que o sono seja bom. De preferência, o horário de dormir deve ser sempre o mesmo e principalmente deve ser o horário em que a pessoa realmente sente sono. O fato de passar muito tempo na cama durante o dia, que às vezes acontece com os idosos que têm problemas de saúde, pode ser prejudicial ao bom sono, pois o idoso pode dormir de forma descontínua, como os bebês.

O cuidador deve encorajar e ajudar o idoso a sair do leito e realizar atividades que sua saúde permita. Ler, assistir à televisão, tricotar, e outras coisas que sejam agradáveis para a pessoa idosa, realizadas fora da cama e de preferência no mesmo horário, para formar um hábito, podem ajudar a regularizar o ritmo do sono. Além disso, outras atividades que propiciem oportunidades de interação social são de importância fundamental para os idosos. Os cochilos durante o dia não são contra indicados, pois podem contribuir para o bem-estar do idoso. Mas, se ele dormir demais durante o dia, e de forma irregular, pode ter dificuldades em dormir à noite.

Alguma forma de exercício físico, como caminhar durante a manhã, todos os dias, pode ter um bom efeito sobre o sono, além de aumentar a sensação de bem-estar e contribuir para a melhora da saúde em geral. É importante lembrar que os exercícios não devem ser realizados perto do horário de dormir, pois, para algumas pessoas, isso pode atrapalhar o sono em vez de ajudar.

É muito comum ouvir dizer que alguns tipos de bebidas ajudam a dormir enquanto outros prejudicam o sono. As bebidas que contêm cafeína podem realmente atrapalhar o sono. Ela está presente no café, em alguns tipos de chá (mate, chá preto), chocolate, refrigerantes como coca-cola, guaraná e soda. Essas bebidas devem ser evitadas, especialmente durante a noite. O cigarro também contém substâncias estimulantes e deve ser evitado. O leite e alguns chás (erva-cidreira, maracujá) podem ajudar a ter um sono mais repousante.

Os idosos que têm incontinência urinária e aqueles que levantam muitas vezes à noite devem evitar a ingestão de líquidos antes de deitar. Nesse caso, é preferível beber mais líquido durante o dia e bem pouco à noite.

Comer muito à noite também não é indicado.

Os idosos que têm a doença de Alzheimer, ou outro tipo de demência, podem apresentar estado de confusão durante a noite. Existe um tratamento feito com luz (fototerapia), em que o idoso recebe luz forte, durante umas duas horas por dia.

A cama deve ser usada só para dormir. Quem têm dificuldade de pegar no sono deve evitar o uso da cama para ler, assistir à televisão e comer.

O idoso também pode não dormir por sentir dores. Nesse caso, é preciso que a causa seja tratada.

Ao se levantar pela manhã, o idoso pode ser ensinado a primeiro se espreguiçar, bem devagar, esticando todos os músculos. Depois, ele deve se sentar na cama por alguns minutos, antes de se levantar.

Medos, ansiedades, nervosismo e preocupações podem perturbar bastante o sono do idoso. Às vezes, apenas conversar com ele a respeito disso pode aliviar o problema. Outra coisa que pode ajudar: relaxar, deixar todos os músculos bem soltos, respirar bem devagar e pensar em coisas agradáveis. Muitos idosos são religiosos, e o fato de rezar pode ajudar a dormir melhor.

Contato

(19) 3826-3055
(19) 3876-5181
(19) 98287-6344
contato@bosquedosipes.com.br

Endereço

Rua Antônio Ferragut Neto, 231, Pinheirinho, Vinhedo/SP.

Horário de funcionamento

(Setor administrativo)
De segunda à sexta-feira, das 8 às 18 h.

Redes sociais

 

Todos os Direitos Reservados © Bosque dos Ipês

Desenvolvido por:

Open chat
Olá 👋 Precisa de ajuda?