Blog Bosque dos Ipês

Como lidar com as dores na terceira idade?

Envelhecer não significa, por si só, uma sentença para sentir dor. Na realidade, esse tipo de desconforto é decorrente de inúmeras doenças que, junto com elas, acarretam sofrimento moderado, médio ou intenso.

Quanto maior essa manifestação, mais complicado será para o idoso executar diferentes atividades. A dor aguda é aquela com menos de seis meses de duração. Já a manifestação crônica ultrapassa esse limite e representa um grande desgaste físico e psicológico para o indivíduo, além de provocar alterações em sua socialização.

Para que o cuidador possa avaliar o grau da dor no idoso, precisa partir do princípio de que o relato a respeito do incômodo é verdadeiro, sem esquecer de seu caráter subjetivo. Avaliar a intensidade (o quanto dói) e a localização da dor é importante para transmitir a informação ao médico, ministrar ou não o medicamento recomendado e, ainda, verificar se houve melhora.

Além da utilização de medicamentos, as dores em muitos casos, também podem ser aliviadas através de técnicas simples como espreguiçar, bocejar, imaginar situações agradáveis (mentalização positiva), ler um livro, rezar, assistir a um filme, contar uma história, executar uma tarefa. Desta forma, o indivíduo mantém a mente ocupada, contribuindo assim, para a diminuição do desconforto.

Contato

(19) 3826-3055
(19) 3876-5181
(19) 98287-6344
contato@bosquedosipes.com.br

Endereço

Rua Antônio Ferragut Neto, 231, Pinheirinho, Vinhedo/SP.

Horário de funcionamento

(Setor administrativo)
De segunda à sexta-feira, das 8 às 18 h.

Redes sociais

 

Todos os Direitos Reservados © Bosque dos Ipês

Desenvolvido por:

Open chat
Olá 👋 Precisa de ajuda?